Sala de Imprensa

21/02/2022

Itens que devem checados na revisão do sistema de suspensão do caminhão

Itens que devem checados na revisão do sistema de suspensão do caminhão

Vias esburacadas prejudicam os sistemas de suspensão e direção e ocasionam diversas avarias nos caminhões.  “Podem provocar problemas no alinhamento, barra de direção e reação inclusive desgaste prematuro dos pneus, bem como danificar amortecedores”, comenta Jair Silva, consultor técnico da Nakata. Itens de suspensão, como amortecedores e barras de reação, são fundamentais para garantir não só a segurança no trânsito, a dirigibilidade do veículo, mas também assegurar conforto ao motorista e ocupantes.

A barra de direção é responsável por transmitir os movimentos da caixa de direção para as rodas. Portanto, merece atenção especial na hora da manutenção. Quando danificada, o veículo poderá ficar desgovernado”, alerta. Segundo o consultor, é importante analisar a estrutura da barra que não pode apresentar empeno ou deformação na ligação com os terminais pois componentes comprometidos podem se romper ou quebrar devido a movimentos bruscos, consequência da má conservação das estradas.

Com relação ao terminal de direção, Silva ressalta a importância de observar o estado da coifa. “O guarda pó, a coifa de proteção, pode rasgar ou mesmo se deteriorar pelo tempo de uso e facilitar a entrada de impurezas,  contaminando, assim, a graxa lubrificante. Abrasivos desgastam o pino esférico do terminal podendo até ter sacamento, perda de dirigibilidade e, consequentemente, gerar graves acidentes”, afirma.

Os tirantes e os pinos das barras de reação, quando desgastados não apresentam risco de perda de dirigibilidade mas vão provocar ruido e consequente incômodo ao motorista.

Outro item que deve ser verificado periodicamente são os amortecedores, eles são de fundamental importância para o equilíbrio e estabilidade do veículo, seja ônibus ou caminhão. Com o estado das ruas e estradas brasileiras o trabalho dos amortecedores é intensificado e consequentemente o desgaste natural acelerado, por isso um profissional habilitado deve avaliar o estado das peças.

Outro problema que pode ser verificado em caminhões é de falta de alinhamento com isso pode ocorrer uma aceleração no desgaste dos pneus e comprometimento da estabilidade.

Todos os itens mencionados devem ser inspecionados seguindo o plano de manutenção do fabricante do veículo ou quando o motorista notar alguma mudança no comportamento do veículo.

Sobre a Nakata Automotiva – Há mais de 65 anos, a Nakata Automotiva, fabricante de autopeças para o mercado de reposição para veículos leves, pesados e motocicletas, recentemente adquirida pela Fras-le, líder global em materiais de fricção e componentes para sistemas de freios, pertencente às Empresas Randon, vem construindo sua história de sucesso no Brasil, com liderança em componentes de suspensão e amplo portfólio em direção, transmissão, freios e motopeças. Com pioneirismo, qualidade e compromisso com o mercado, a Nakata Automotiva se tornou reconhecida no aftermarket pela alta performance de seus produtos e elevado padrão de serviços.

A empresa atende o mercado nacional e exportação. Fazendo parte da Fras-le que fornece materiais de fricção originais para 95% das montadoras de veículos pesados e semipesados, além de ser líder no mercado de reposição e comercializar seus produtos em 120 países, a Nakata fortalece ainda mais a sua presença no mercado.

 

Mais informações:

Verso Comunicação e Assessoria de Imprensa
Jornalista responsável – Majô Gonçalves – MTB 24.475
versocomunicacao@uol.com.br
Solange Suzigan
versocomunicacao1@uol.com.br
(11) 4102-2000/ 99905-7008

www.versoassessoriadeimprensa.com.br
https://www.facebook.com/verso.assessoria