Sala de Imprensa Sala de imprensa

Sistema de logística da Nakata avança em tecnologia e gera ganho de  produtividade no CD de Extrema

09/03/2020

Sistema de logística da Nakata avança em tecnologia e gera ganho de produtividade no CD de Extrema

 
A Nakata, fabricante de autopeças para suspensão, transmissão, freios e motor, líder em componentes undercar, vem adotando uma série de mudanças para modernização na área de logística para se tornar ainda mais eficiente no atendimento aos clientes. No início deste ano, a empresa concluiu todo o processo de internalização das suas operações de warehouse e fretes, em busca de soluções autônomas, ágeis e econômicas, sempre pautado no serviço aos clientes e suas respectivas necessidades. 
 
Além de dobrar a área do centro de distribuição, foram adotadas novas soluções em sistemas, pessoas e processos para operar diretamente o warehouse e fretes. Este movimento foi planejado e executado de modo que, o nível de serviço de entrega fosse mantido, sem prejudicar os clientes seja pela suspensão do faturamento ou desabastecimento ao mercado. Para tanto, melhorou os processos já existentes na operação e contratou 100 novos funcionários para buscar os resultados estabelecidos pela empresa.  “Os novos desafios serão buscar diferentes modelos de entregas, atendendo as necessidades especificas de cada cliente e com ações e decisões mais ágeis. Este é um dos principais benefícios da nova operação”, revela Alexandro Barbosa, gerente de logística da Nakata.
 
O executivo conta também sobre a mudança do sistema da operação, substitui 100% dos coletores de dados, método de comunicação utilizado pelos operários nas tarefas controladas pelo WMS (Warehouse Management System ou Sistema de Gerenciamento de Armazém), para Ring Scanner, que também é uma ferramenta de comunicação usada pelos colaboradores e que se comunica com o WMS, porém, com anatomia mais moderna, permitindo no conceito da operação com mãos livres. Segundo Alexandro, com esta medida, houve ganho substancial na produtividade, intensificando a interação do operador com outras ferramentas da empresa, processo mais limpo e com maior velocidade, fazendo a mercadoria girar rapidamente pelo armazém, consequentemente resultando em ganho de espaço.  “Consideramos a implantação um grande sucesso, normalmente no mercado uma mudança deste porte requer 90 dias para ramp-up, curva de aprendizado e estabilização e a Nakata obteve os números de capacidade projetados já nas duas primeiras semanas.
 
Em conjunto com a internalização dos processos, houve o crescimento orgânico do armazém, dobrando a sua capacidade recebimento, armazenagem e expedição e para suportar a circulação interna dos colaboradores e produtos. 
 
Houve aquisição de equipamentos de movimentação, entre os quais: empilhadeiras, transpaleteiras e duas transpaleteiras semiautônoma e nestes últimos, o equipamento acompanha o colaborador através de sensores no profissional e nas estruturas que trocam dados com o equipamento, mantendo toda segurança, maximizando separação e reduzindo significativamente esforço dos colaboradores. “A transpaleteira segue o colaborador no CD com a vantagem que, sensores obrigam o equipamento manter distância do operador e das estruturas porta pallets, alinhados com o que de mais produtivo e seguro existe para CDs”, revela o gerente. Ele revela também que o novo layout já prevê muito mais automatização. 
 
A implantação de novas tecnologias e sistemas para facilitar ainda mais a operação chegarão, em breve, no centro de distribuição da Nakata, localizado em Extrema/MG, drones para realizar o inventário e outras novidades na automação do armazém, entre elas, esteiras e transelevadores. “São contínuos os investimentos da Nakata em logística sempre com o objetivo de garantir mais eficiência na gestão e distribuição, assim atendendo com excelência a demanda dos clientes e do mercado”, comenta.
 
Recentemente, o centro de distribuição da Nakata dobrou a capacidade de armazenagem em Extrema e hoje conta com 23,4 mil m² e capacidade de armazenagem de produtos de 25 mil posições de pallets podendo chegar a 32 mil posições.  Desde maio de 2017, a Nakata mantinha um centro de distribuição em Santo André/SP, mas, em março, as operações serão encerradas e consolidadas em Extrema.
 
 
Sobre a Nakata Automotiva:

 A Nakata Automotiva, fabricante de autopeças para o mercado de reposição para veículos leves, pesados e motocicletas, líder em componentes undercar, vem construindo sua história de sucesso há mais de 65 anos no Brasil. Com pioneirismo, qualidade e compromisso com o mercado, a Nakata Automotiva se tornou reconhecida pela alta performance de seus produtos e elevado padrão de serviços.

Comprometida 100% com o mercado de reposição, oferece soluções completas de serviços pré e pós-vendas também por meio de seus canais digitais, como o catálogo Nakata online que oferece busca fácil e rápida dos produtos e aplicações. Com fábrica em Diadema, sede administrativa e centro de tecnologia e desenvolvimento em Osasco e centro de distribuição em Extrema-MG, atende o mercado nacional e exporta para mais de 20 países das Américas, Europa, Ásia e Oceania.

 

 

Mais informações:

Verso Comunicação

Assessoria de Imprensa do GMA – Grupo de Manutenção Automotiva

Majô Gonçalves – jornalista MTB 24475

versocomunicacao@uol.com.br

Solange Suzigan

versocomunicacao1@uol.com.br

(11) 4102-2000 / 99905-7008