}

Dica Técnica

Voltar
COMO TRABALHAR MELHOR RECICLANDO O LIXO DA OFICINA
Transmissão

COMO TRABALHAR MELHOR RECICLANDO O LIXO DA OFICINA

O respeito ao meio ambiente é um dos assuntos mais importantes da atualidade. Na manutenção dos veículos, muitas práticas que eram normais, como jogar solventes no esgoto, agora são consideradas crimes. 
 
O DIAGNÓSTICO
 
Buscar uma forma para acabar com os vazamentos de óleo durante as trocas de embreagens ou reparos internos nos câmbios. Mesmo drenadas, algumas caixas perdem um pouco de lubrificante na retirada, que escapa pelas aberturas onde ficam os semieixos.
 
SOLUÇÃO 
 
Aproveitando uma série de componentes bastante comuns. Na linha Fiat, por exemplo, é possível fechar as saídas das Tulipas com as tampas protetoras que acompanham as juntas fixas novas da Nakata para o Volkswagen Gol. Um item descartável virou uma ferramenta!
 
DICA DE OURO
 
Além de reutilizar alguns plásticos que encontramos nas embalagens, Fernando guarda uma “coleção de sucatas” para usar durante os consertos. Tulipas, juntas deslizantes e até tuchos de válvulas velhos são muito úteis para vedar os encaixes das homocinéticas em transmissões da Chevrolet, Citroën, Ford, Peugeot e Renault.
 
E TEM MAIS     
 
Nas oficinas, o melhor é deixar a criatividade correr solta. Depois de sofrer para soltar a trava do cabo do trambulador das famílias Corsa, Celta e Astra (o pino plástico é bem frágil), Fernando teve outra ideia simples e incrível. Descobriu que a tampa da famosa “caneta azul” é ótima para fechar as duas garras da peça sem estragar.
 
***Vencedora do primeiro lugar do mês de dezembro na promoção Feras da Oficina Nakata, essa dica foi postada pelo Fernando Neves - Auto Mecânica Neves, Mauá/SP, em atendimento a um Fiat Strada 2006.