}

Dica Técnica

Voltar
Causas de ruídos nas juntas homocinéticas
Transmissão

Causas de ruídos nas juntas homocinéticas

A identificação do ruído da junta homocinética é simples. Você ouvirá um estalo ao esterçar as rodas enquanto acelera, indicando que há um desgaste na pista de trabalho, das esferas da junta homocinética do lado da roda: a junta fixa.
 
Já a junta homocinética deslizante, do lado do câmbio, apresenta ruído em linha reta, ao acelerar e desacelerar o veículo. É um tranco causado por folga excessiva.
 
O principal motivo para o surgimento dos trancos e estalos é a ruptura da coifa, que permite a entrada de sujeira como terra e areia. Esses elementos abrasivos contaminam a graxa, transformando tudo numa pasta que gera desgaste excessivo sobre a pista de trabalho das juntas.
 
CUIDADO: O excesso de torque também pode quebrar a peça na região da rosca ou entalhado. Na hora de colocar a porca de fixação é preciso utilizar um torquímetro. Junto com a peça sempre vem uma tabela indicando os torques que devem ser aplicados. Na instalação das coifas é importante utilizar um alicate tipo ponte para aplicar o toque correto nas abraçadeiras. Jamais utilize truquesa, pois a abraçadeira pode ficar folgada, permitindo a entrada de sujeiras; ou pode ficar apertada demais cortando a coifa.
 
Outra possível causa dos ruídos é o eixo homocinético empenado, ou com deformações, nesses caso deve ser substituído. O entalhado também tem que estar em perfeitas condições. Sempre que fizer a manutenção, o reparo deve ser substituído. Alguns trabalham com escapador e anel trava. Na instalação deve-se observar o encaixe da trava, que pode ser na peça ou no eixo. Ela tem de estar totalmente fixada na colocação. Alguns eixos trabalham com compensador de massa. Se for removido, deve ser instalado na mesa posição. Do contrário, altera o balanceamento do eixo.
 
ATENÇÃO: A graxa utilizada para lubrificar a homocinética é especial, à base de bissulfeto de molibdênio, que suporta temperaturas altas. Jamais utilizar graxa para rolamento. A quantidade indicada é exatamente a disponibilizada na bisnaga que acompanha o produto.
 
A geometria do veículo também influencia diretamente na durabilidade das juntas homocinéticas.